quarta-feira, 25 de julho de 2007

Soneto da Culpa em Pedro

.
.
.
SONETO DA CULPA EM PEDRO
(André L. Soares – 17.04.07 – Guarapari/ES)
.
Tentei dizer,... mostrar o quanto é bom
seguir Teus passos no sagrado chão,
gozar a vida sem sentir-me vão,...
pois vi no amor o mais divino dom.

Movi meus lábios, surpreendi-me com,...
ao pensar ‘– Sim’, da língua ter o ‘– Não’!
Neguei três vezes, tal previsto e então...
aconteceu de o galo dar o tom.

Naquele instante, em que falhara a fé,
quando fingi desconhecer quem És
e repeti que nem fora um dos Teus...

vencera o medo, ao induzir minha voz
a rir de Ti, por vir morrer por nós,...
e feito assim: tornei-me algoz de Deus!
.
.
.

5 comentários:

  1. André,... seu blog está maravilhoso. Parabéns pelo bom gosto e por esse belíssimo soneto que é " Soneto da Culpa de Pedro".
    Amei tudo meu querido!
    Obrigada viu, por mais esse espaço aonde também nos dá o prazer de ler sua linda poesia.
    Beijusssssssssssssss

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelas palavras... São lindas...

    Vamos linkar o seu blogue no nosso directório!

    www.universosvirtuais.com

    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Olá boa noite, achei muito interessante seu blog, passarei aqui sempre para olhar as novidades.

    Abç

    Quando puder passe no meu, será bem vindo.
    www.avida2.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Lindo...muito bem escrito esse soneto.
    Voltarei, certamente.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  5. Adorei!
    Você tem muita sensibilidade e sabe como passar isso para seus poemas!

    ResponderExcluir