terça-feira, 11 de dezembro de 2007

Poesia em Carne Viva


(Dinner with Guest - Lorenzo Relli)
.
.
.
POESIA EM CARNE VIVA
(André L. Soares - 04.10.06 - Guarapari/ES)
.
A poesia é como um rio...
leito de verbos e vinhos,
onde uma alma se banha
na palavra que empenha,
soberana,... arte rainha,
devota paixão tamanha,
é a esperança que se cunha
capaz de mover montanhas.
.
A poesia é largo esteio...
que mantém firmes os punhos
do homem simples que apanha,
sob o peso da desdenha,
e frente ao terror medonho
dos que estão quase sozinhos,
mas se unem, em rebanhos,
sem renderem-se às barganhas.
.
A poesia é eterno cio...
em que se fecundam sonhos,
superando,... na artimanha
a maldade que avizinha
os corações feitos de estanho,
cruzando novos caminhos,
desvendando tantas senhas,
por seus férteis testemunhos.
.
A poesia, então, é isso...
algum gesto de carinho
ofertado a um estranho,
– português, pária ou portenho –,
sem remorso e sem vergonha,
não tendo intenção de ganho,
mas de ser dócil resenha
dessa vida, tua e minha.
.
(...)
.
E sendo poesia... é infinda,
sendo bela, é ingênua,
sendo força, ela é bem-vinda,
e por ser amor,... há quem diga...
que a poesia é carne viva.
.
.
.
.
.
.
.
Blogagem Coletiva:
INTERNET E POESIA - ISSO COMBINA?
.
Este tema foi proposto por Ricardo Rayol,... poeta responsável pelos blogs: A Cor da Letra e Internet e Poesia (esse último, criado especialmente para a presente blogagem coletiva).
.
A discussão proposta por Rayol pretende analisar os rumos e a utilidade da poesia veiculada na Internet, buscando saber em que isso ajuda os autores a publicarem seus trabalhos de modo a também ganharem dinheiro.
.
De minha parte, posso dizer que a internet me é útil como fonte de aprendizado. Um infinito campo de troca de informações e experiências, que me permite aprender de modo mais dinâmico, absorvendo os mais variados estilos e técnicas de escrita. Essa troca é, sem dúvida, também fonte de grande inspiração, por conta das pessoas maravilhosas que se passa a conhecer (mesmo quando apenas de modo virtual).
.
Quanto ao dinheiro, a Internet tem duas faces: de um lado essa se constitui na maior vitrine do planeta. Pessoalmente, já consegui, por meio da WEB, que alguns de meus trabalhos fossem utilizados em campanha publicitária, peça de teatro, curta-metragem, disco de banda de rock, entre outros. De outro lado, porém, a Internet - talvez - seja o maior campo de atuação de plagiadores, o que pode significar perdas e dores de cabeça pra muita gente.
.
Não querendo aqui escrever algo que pareça pleonasmo, mas a verdade é que: para defender meu trabalho, eu tenho tido muito trabalho.
.
Contudo, apesar de algumas perdas e danos - normais em qualquer atividade -, considero que os fatores positivos sejam muito superiores aos negativos. Então, penso que vale a pena usar a Internet para divulgar trabalos literários em geral. Ganhar dinheiro não será - pelo menos por agora - uma certeza. E, para os que ganham, provavelmente nada virá em volume significativo.
.
Para a literatura amadora, a função maior da Internet é mesmo de 'vitrine'. É um modo barato, rápido e muito agradável de mostrar ao mundo o que se está fazendo, comparar com as demais produções e, claro,... aprender. Aprender com humildade. Aprender a respeitar o trabalho do outro. Aprender a receber duras críticas, com naturalidade. Aprender a receber elogios, sem deixar o excesso de vaidade subir à cabeça. Enfim, é na Internet que se entende a diferença entre mostrar o trabalho a amigos e parentes (sempre generosos em suas análises),... e mostrar o trabalho ao mundo (por vezes cruel e realista em suas apreciações).
.
Ricardo Rayol, poeta-amigo,... quero parabenizá-lo por mais essa iniciativa. É importante que haja gente assim que, além de ser um excelente poeta, mostra-se também um ser humano integrado à vida, participativo e, no bom sentido, um agitador das boas causas. Grande abraço, Poeta!
.
Grande abraço a todos!
.
.
.

18 comentários:

  1. às vezes acho que só os poetas se entendem, pois só eles sabem como carregar o peso do mundo das costas, sem desmoronar (:

    obrigada pela visita! =*

    ResponderExcluir
  2. Poesia é simplesmente um ato de dar e receber. Quem escreve dá tudo de si e quem lê recebe mais do que esperava.

    Beijos dançantes.

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Interessante passar por aqui exatamente neste seu post! Um assunto interessante a poesia e a internet. E mais que isso, a escrita e internet.
    Concordo com você quando diz que a internet é a maior vitrine do mundo. Mas acho um pouco complicado coloca-la no lugar correto. Não basta simplesmente descolar um lugar na vitrine, ele tem que ser um local visivel.
    Você parece estar fazendo um otimo trabalho por aqui. Suas poesias são lindas.
    Não me considero muito uma poeta, gosto de me imaginar como romancista... E agora na internet ando exercendo o papel de cronista e contista. Algo um pouco versátil talvez.
    Mas, de qualquer forma, gostaria que você desse uma olhadinha na minha vitrine também.
    Abraços,

    ResponderExcluir
  4. André, passei aqui pra desejar uma ótima semana pra voce amigo..vlw!!!!!

    ResponderExcluir
  5. Que idéia bacana! parabéns pelo talento poético, obrigada pela visita no meu blog e queria reforçar um pensamento sobre o mal da internet, tenho a sensação de que o mundo offline pode ser a única saída para existência de autores já que na web o coletivo toma cada vez mais conta das nossas "identidades"...

    ResponderExcluir
  6. A Internet é uma grande ferramenta para nossas produções e prazeres "solitários". Aprecio escrever e interagir com os leitores, seja através de uma crítica, um elogio ou uma sugestão.
    Ganhar dinheiro? Esta questão é tão debatida entre os blogueiros, mas confesso que ainda estou formando uma opinião a respeito.
    No mais, caro amigo, parabéns pelos seus textos e um abraço!

    ResponderExcluir
  7. Oi vim conhecer teu blog e ler tuas letras! Gostei dos teus versos moço!!
    abraços Letícia Coelho

    ResponderExcluir
  8. Não me importa o seu idioma, ou onde você está. O meu desejo é o mesmo:

    Alemanha: Fröhliche Weihnachten

    Bélgica: Zalige Kertfeest

    Brasil: Feliz Natal

    Bulgária: Tchestito Rojdestvo Hristovo, Tchestita Koleda

    Catalão: Bon Nadal

    China: Sheng Tan Kuai Loh (mandarín) Gun Tso Sun Tan'Gung Haw Sun (cantonés)

    Coréia: Sung Tan Chuk Ha

    Croácia: Sretan Bozic

    Dinamarca: Glaedelig Jul

    Eslovênia: Srecen Bozic

    Hispanoamérica: Felices Pascuas, Feliz Navidad

    Estados Unidos da América: Merry Christmas

    Hebraico: Mo'adim Lesimkha

    Inglaterra: Happy Christmas

    Finlândia: Hauskaa Joulua

    França: Joyeux Noel

    País de Gales: Nadolig Llawen

    Galego (na Galicia): Bo Nada

    Grécia: Eftihismena Christougenna

    Irlanda: Nodlig mhaith chugnat

    Itália: Buon Natale

    Nova Zelândia em Maorí: Meri Kirihimete

    México: Feliz Navidad

    Holanda: Hartelijke Kerstroeten

    Noruega: Gledelig Jul

    Polônia: Boze Narodzenie

    Portugal: Boas Festas

    Romênia: Sarbatori vesele

    Rússia: Hristos Razdajetsja

    Sérvia: Hristos se rodi

    Suécia: God Jul

    Tailândia: Sawadee Pee mai

    Turquia: Noeliniz Ve Yeni Yiliniz Kutlu Olsun

    Ucrânia: Srozhdestvom Kristovym

    Vietnã: Chung Mung Giang Sinh

    São os votos do "By Oscar Luiz", do "Flainando na Web" e do "Gente Sem Saúde".

    E que 2008 seja o ano das suas realizações!
    Um grande abraço deste amigo!

    ResponderExcluir
  9. Muito bom... Muito bom mesmo, to realmente impressionado...

    Espero um dia conseguir chegar ao seu nível de produção literária, mas ainda tenho um mais que longo caminho pela frente...

    Se puder deixar uma dica registrada, o que falta ao aspirante à poeta? Achava eu que necessitava de uma musa, mas já tenho uma, então isso não é mais desculpa. Fico imaginando o que falta para seduzir as palavras com tamanha maestria... Mas minha caneta ainda sofre de baixa libido.

    E o papel continua em seu estado virginal...

    ResponderExcluir
  10. É bom saber de iniciativas como a sua, que sustentam a causa literária e inspiram os que agora desbravam esse caminho. Vou colocar seu blog nos meus apontamentos, se assim concordar. Obrigado pelo comentário!
    Aos poucos vou publicando meus textos.
    Boas festas!

    ResponderExcluir
  11. Adorei seu blog e me encantei com seus textos. Quando puder, quiser ou tiver paciência, dê uma passada no meu.
    www.deliriosedesvaos.blogspot.com


    Abraços......

    ResponderExcluir
  12. Feliz 2008 meu querido!
    Que esse seja com seja pra você, um ano repleto de saúde, paz, amor, e muitas, muitasssss... alegrias e sonhos concretizados.

    Beijussssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  13. Minha mãe é diretora de teatro, por isso sempre fui ligado a este mundo artístico, tanto na poesia como na arte em geral,o plágio sempre foi um problema neste ramo, na internet não imagino o que possa acontecer, enquanto ao papel da poesia na internet? Super importante, a poesia nos traz todo tipo de sentimentos, a literatura em geral sempre será marcante na internet, ótimo trabalho o seu.

    ResponderExcluir
  14. Eu preciso voltar a ler poesia...
    Para conseguir voltar a escreve-las!
    Curti muito essa que vc fez! :D

    ResponderExcluir
  15. Adorei este post!meus parabéns por divulgar a poesia. Claro que internet e poesia combinam: poesia é vida e a gente deve ter a capacidade, que percebi que vc tem, de ver poesia em tudo. Assim a vida fica mais gostosa de ser vivida. Parabéns pelo blog. Genial.

    ResponderExcluir
  16. algo 'ofertado a um estranho'
    bonito, cara

    parabéns

    ResponderExcluir