terça-feira, 17 de junho de 2008

À Beira-Mar


(Lighthouse - Leonid Afremov)
.
.
.
À BEIRA-MAR
(Rita Costa & André L. Soares)
.
Convém camuflar
nas profundezas da alma
as palavras mais puras.
Fixar o olhar na areia macia
onde, a todo instante,
a espuma branca faz carícias.

Melhor seja que a brisa
– mistura de sal e maresia –
castigue os lábios em sorriso,
carregando pro mar
o mais leve sussurro,
pairando sobre as ondulações
as palavras proibidas.

Sendo assim,...
que só as aves marinhas
decifrem a poesia que existe
quando minhas lembranças,
façam aflorar dos sentidos
os desejos mais além,...
mergulhando-as em sonhos,
no abissal das emoções...
como convém!
.
.
.

10 comentários:

  1. André,
    Postei e ficou um Show de bola!!!! Gostei imensamente, vai lá conferir!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Senti o sal nos meus lábios.
    Deu saudade do mar.

    Bonito, viu?

    Abx

    ResponderExcluir
  3. André,
    Aparece lá no Blog para ver como ficou bonito seu poema. O pessoal está amando, têm muitos comentários. Abraços.Já coloquei o FEEDS.

    ResponderExcluir
  4. Ficou lindo este poema feito a quatro m�os em perfeita sintonia. Parab�ns aos dois. Amei!

    ResponderExcluir
  5. Gostei do poema, ainda mais que resido no litoral, senti que estava por aqui.
    Abraços

    ResponderExcluir
  6. André,
    Voc~e pode me enviar esse poema para eu publicar???Beijinhos.

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Amei seu blog
    O "Mar" me facina, O barulho do mar, a imensidão, a paz de espírito que ele transmite faz bem.

    Seu poema merece ser divulgado

    Lucimar - blogger - blog neutro - blogblogs.com

    ResponderExcluir
  8. olá,
    parabéns pelo blog.
    no mundo de hoje o que mais iria nos motivar senão a poesia.

    ResponderExcluir
  9. Ah, querido! Gosto tanto quando vejo À Beira-Mar postado que não resisto fazer um comentário.

    Ficou maravilhosa a postagem viu.:)
    Adorei a escolha da imagem. Me lembra meu(nosso),farol de palavras.:)

    Beijussssssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  10. As imagens que você escolhe para os poemas são realmente muito lindas, de muito bom gosto.

    ResponderExcluir