segunda-feira, 17 de novembro de 2008

A Fome


(Bullet - Trozo)
.
.
.
A FOME
(André L. Soares)
.
A Fome é uma fera
que devora os sonhos,
ferindo o orgulho do homem.
Implacável, não espera
que se alcance eficácia
com medidas burocráticas.
A Fome se mostra
sorrateira e sinistra
na azia da dor gástrica.
Invisível, rói por dentro...
e se o estômago é um vão,
ela se faz solitária.
A Fome é um cão voraz,
devorando o país,...
corrompendo os cidadãos.
É uma praga que se alastra
pelos becos das favelas,
gerando ódio e inveja.
.
A Fome é traiçoeira,
joga homens na cadeia;
a Fome é cafetina,
põe uma puta em cada esquina;
a Fome é assassina,
põe uma arma em cada (ir)mão.
.
A Fome é essa inimiga
gerada dentro da barriga,
como um feto que odeia a mãe.
Irmã-gêmea da Morte,
aborta tudo que é sublime...
da Fome nasce o crime.
.
.

.

.
Leia também:
Alma de Poesia /Gritos Verticais /Natureza Poética /O Poema de Cada Dia /Poética Herética /Raiz de Cem /Sons de Sonetos


12 comentários:

  1. Olá colega, parabéns por ter passado a colocar informações sobre a pintura também, ficou muito legal

    ResponderExcluir
  2. João, grato pela visita.

    Quanto às informações sobre a pintura, eu sempre as coloquei, desde minha primeira postagem. Sou coonhecido defensor dos direitos autorais.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  3. André cada passagem por seu blog torna-se uma viagem cultural.Realmente é fascinante sua capacidade de criar,e inovar harmoniosamente o nosso vernáculo.Mais uma vez parabéns

    Mário Augusto
    Obs: Gostaria de ter pelo menos 1% do seu talento

    ResponderExcluir
  4. Oiêee
    assim q der passa lá pelo blog q tem MEME pra vc tá
    beijão

    ResponderExcluir
  5. Não sei muito bem como vim aqui ter, mas gostei. Gostei da forma como escreves e da forma como os poemas se entrelaçam com as pinturas. Um abraço

    ResponderExcluir
  6. Olá amigo! faz tempo que não passava por aki...como sempre muito bom seu blog...
    Boa semana!

    www.falaserionews.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Que pena, não sei fazer poesia engajada, linda e centrada como a tua!

    ResponderExcluir
  8. Fala parceiro,

    Mudei o endereço do meu blog RECEBI POR E-MAIL para um domínio próprio.

    Queria pedir para que você atualizasse o endereço antigo (recebi-por-email.blogspot.com)

    Para o endereço NOVO:

    www.recebiporemail.com.br


    Grato,

    Filipe di Filippo

    ResponderExcluir
  9. "A fome é cafetina
    pões uma puta em cada esquina"
    Gostei muito.

    ResponderExcluir
  10. Forte, impactante, realista, cruel, soco na boca do estômago. Poesia que me lembra, de relance, Augusto dos Anjos, que eu sou FÃ!

    Show, meu veio! SHow! Com tempo, vou te lendo aqui e comentando, cara.

    Abração!

    XB

    ResponderExcluir
  11. olá, gostei muito desse texto A Fome,
    e gostaria de acompanhar seu blog, não encontrei o link. parabéns!

    ResponderExcluir
  12. define chempartner chief modifies calawquery tiny regulation wear cardinal coined procedure
    semelokertes marchimundui

    ResponderExcluir