quarta-feira, 2 de março de 2011

Dilema


(Foto: André L. Soares)
.
.

.
DILEMA
(André L. Soares)
.
Dilema de mulher
é servir Tróia e ser Helena;
voz macia, alma serena
e muita fome de viver.
.
Mulher nasce poema:...
sonhos grandes, mãos pequenas,
sem limites para o amor.
.
Sedutora,...
três raios de sol-e-chuva,
dez marés em sete luas,
cem leões em meio à arena,...
todos eles a seus pés!
.
.
.
.
Leia também:
Gritos Verticais /O Poema de Cada Dia /Poética Herética /Raiz de Cem /Sons de Sonetos

16 comentários:

  1. André,

    bela visão da alma feminina, como o nome diz Dilema, entre o ser e o não ser;
    nada podemos fazer contra ele, pois nascemos assim todas cheias de atraç~oes e contradições.

    bjus

    ResponderExcluir
  2. André meu querido poeta,como mulher q sou,agradeço este lindo presente.Lindo ,amei a forma como vc descreveu a mulher.Bjus

    ResponderExcluir
  3. Belíssimo poema!
    Belíssima foto!
    Adorei! :)

    ResponderExcluir
  4. Caríssino Poeta André Soares

    O DI--LEMA

    Da mulher
    Nasce na flor

    Flor dos sonhos
    Flor dos desejos
    Flor da felicidade
    Flor das saudades

    POIS TODA PÓ--ÉTICA
    FLUEM PELA GARRA DE AMAR
    E A LUTA PARA "SER"
    AMA--DA ...

    SOMOS GRATAS
    PELOS DI--LEMAS
    DAS ALMAS FEMININAS

    BELAS E HARMONIOSA--MENTE
    TECIDA PELO NOBRE POETA

    TODA MULHER
    É DE F--ATO
    POESIA DA VIDA

    GRA-TI-DÃO
    BEIJO DE VIDA
    CLAUDINH POETA
    LONDRINA BRASIL
    03/03/2011

    ResponderExcluir
  5. man that was a good one..really

    ResponderExcluir
  6. Adorei, André!
    O poema e a fotografia que o ilustra.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Ah, que bom que voltou a postar seus poemas! Belíssima homenagem. Impossível não me deliciar lendo esses versos, especialmente

    "Mulher nasce poema:...
    sonhos grandes, mãos pequenas,
    sem limites para o amor"

    Bj grande, querido amigo. Espero que tenha obtido êxito naquele seu projeto. Inté, poeta!

    ResponderExcluir
  8. Mulher é tudo isso e muito mais. Parabéns, André. O poema prima pela beleza da simplicidade. Valeu, amigão.

    ResponderExcluir
  9. Bela homenagem à mulher. Parabéns por seus belos poemas.

    ResponderExcluir
  10. Olá é a 2ª vez que encontrei a tua página e gostei muito!Espectacular Trabalho!
    Até à próxima

    ResponderExcluir
  11. André, cujas imagens de orquídeas, já são uma forma de poesia, e cujos versos, cantam o amor e se aconchegam na alma dos que os lerem
    Lindo blog!

    Karla Julia

    ResponderExcluir
  12. Nossa...quanta delicadeza sob o olhar feminino...realmente gostei muito do blog...só precisa atualizá-lo. estou comentando tudo...rs

    ResponderExcluir
  13. Conheci este blog hoje, por acaso, vasculhando o Google.
    Parabéns, seu conteúdo é de muito bom gosto! Continue assim!

    Maria

    ResponderExcluir
  14. Olhei este e outros poemas do seu blog e estou entusiasmado! Assinei o blog para melhor acompanha-lo. Tenho um blog de poesias no Wordpress chamado Randomatizes: http://pedroldcv.wordpress.com. Visite e siga se achar que vale a pena! :)

    ResponderExcluir
  15. Li este e outros poemas do seu blog e fiquei entusiasmado. Assinei o blog para melhor acompanha-lo. Tenho um blog no Wordpress chamado Randomatizes, de poesias, e gostaria que você o visitasse e, quem sabe, acompanhasse para trocarmos essa experiência poética. Abraço !

    ResponderExcluir