quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Pirita

(Foto: André L. Soares)
.
.
.
PIRITA
(André L. Soares)
.
Tolos.
Dez mil anos
e ainda somos
tolos.
Metais e pedras
são nossos
tesouros.
Matamos tudo
que há de mais
precioso.
Meros carrascos
em peles de
lobos.
A qualquer coisa
respondemos com
fogo;...
e não sabemos
ter paz.
.
.
.






.
Leia também:
Gritos Verticais / O Poema de Cada Dia /Poética Herética /Raiz de Cem /Sons de Sonetos

14 comentários:

  1. Meu querido André,...
    Ainda temos muito a aprender, não é verdade?
    Adorei este poema. Uma composição simples e limpa
    que fala da preciosidade que buscamos, mas que, às vezes,
    nos perdemos no caminho.
    Quanto a fotografia que ilustra o poema: maravilhosa!
    Você sabe que desde a primeira vez que vi suas fotos das orquídeas
    fiquei encantada. Aproveito para pedir sua permissão para pintá-las.
    Posso pintar meus quadros a partir de suas fotos, posso?
    Diz que posso. Ahahahah
    Parabéns, meu poeta.
    Beijossssss!

    ResponderExcluir
  2. Meu querido André,...
    Ainda temos muito a aprender, não é verdade?
    Adorei este poema. Uma composição simples e limpa
    que fala da preciosidade que buscamos, mas que, às vezes,
    nos perdemos no caminho.
    Quanto a fotografia que ilustra o poema: maravilhosa!
    Você sabe que desde a primeira vez que vi suas fotos das orquídeas
    fiquei encantada. Aproveito para pedir sua permissão para pintá-las.
    Posso pintar meus quadros a partir de suas fotos, posso?
    Diz que posso. Ahahahah
    Parabéns, meu poeta.
    Beijossssss!

    ResponderExcluir
  3. E como tolos que somos não conseguimos enxergar o óbvio, que o mundo não nos pertence para fazermos o que quisermos com ele, mas que nos foi emprestado para cultivá-lo e fazê-lo frutificar.
    Beijos doces.

    ResponderExcluir
  4. Alinne, meu anjo, perdão pela demora em responder. Muitíssimo obrigado pela generosa apreciação. E, quanto às fotografias, é claro que pode pintá-las à vontade, sempre. E sabe que nem precisa pedir. São suas.
    Beijossssssssssss!

    ResponderExcluir
  5. A ACADEMIA MACHADENSE DE LETRAS (Machado-MG) comunica que estão
    abertas as inscrições para o VIII Concurso Plínio Motta de Poesias, do
    ano 2011. As inscrições vão até o dia 21 de outubro de 2011.
    Entrem em contato para adquirir o Regulamento:
    a/c Carlos Roberto machadocultural@gmail.com
    ESTE CONCURSO ESTÁ ABERTO PARA TODOS!

    OBS: O VALOR DA INSCRIÇÃO ( 2 REAIS) PODE SER COLOCADO DENTRO DO ENVELOPE COM AS 6 CÓPIAS DA SUA POESIA.

    ResponderExcluir
  6. Aí esta, André, no seu poema, uma verdade insofismável.

    Um abraço,
    Pedro.

    ResponderExcluir
  7. Adorei o seu blog...parabéns pelo trabalho...!

    ResponderExcluir
  8. Revenda de E-Mail Marketing

    Revenda de e-mail marketing com planos a parti de R$180,00 envios ilimitados

    Site :www.webenvios.com.br

    E-Mail: contato@webenvios.com.br

    Telefone: (61) 4063-7188

    ResponderExcluir
  9. Lindo poema. Estou fazendo um tour pelos seus vários blogs. Valeu, Andrezão.

    ResponderExcluir
  10. Oie….entre lá no meu blog e se gostar me siga por favor....
    http://nerdgirlie.blogspot.com.br/
    Nele eu posto poemas, criticas de filmes,livros e outros assuntos variados….
    Obrigado!

    ResponderExcluir
  11. Oi André!
    Obrigada pela visita em meu blog. Também gostaria de parabenizá-lo pela premiação de Salvador e dizer que será uma honra conhecer tão ilustre e talentoso escritor.
    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  12. Conheçam a frpromotora -->> https://www.frpromotora.com/44955089 e ganhem muito dinheiro trabalhando online, ganhos semanais e mensais além de diversos bônus, consiga rapidamente ganhar mais de 1.500,00 reais por mês apenas divulgando o site...

    ResponderExcluir